Todos nós somos uma música para alguém. Meu pai sempre entra em minhas mais profundas memórias ao som de uma famosa do Cat Stevens. Minha mãe se encarrega de aparecer em versos de Paulinho da Viola. Meus amores, todos eles, ressurgem entre um passar e outro de faixas no iPod. Às vezes gosto de pensar […]

Ouvia o barulho do próprio salto no cimento da calçada. Barulho ritmado, constante. Que interrompe abruptamente ao atingir a esquina. Os carros passam de um lado para o outro. Um ônibus faz a curva e o vento quente a faz fechar os olhos. É atropelada pelo bafo urbano. A saia, leve, move agitada e mal […]

Deitada de bruços, estiquei o corpo para fora da cama sem muito esforço. Na tentativa de encontrar algo a servir de cinzeiro – um copo, uma xícara, uma latinha de cerveja vazia -, encontrei um prato sujo de farelo de pão. Esmaguei ali a ponta do baseado e me joguei de volta para a cama […]

Comecei a fazer terapia. É um dinheiro que, no começo, encarei como uma grana perdida. Sentia muito medo de falar de mim mesma (e ser sincera) com um estranho. Eu sou da ideia de que, conforme a idade passa, nos tornamos pró em acumular problemas. Vamos postergando soluções e empilhando um problema no outro, até […]

Sempre que me busca de carro no trabalho, Greta sorri e se inclina para me dar um beijo rápido com gosto de Tic Tac de laranja, enquanto a mão pousa imóvel no câmbio e é espremida por um abraço meu. Ela nunca solta a mão do câmbio quando encosta para eu entrar. Parece até um […]

Copyright © 2011 SofisticadaBlog

Desenvolvido por: LéxicoDesign