Ela era inatingível. Era misteriosa e inatingível. Sorria um sorriso sincero que te deixava a sonhar durante a reunião com aquele deputado. Ela era simpática e você a via sendo assim com todo mundo, menos com você. Ela saia quando você chegava, se ocupava quando você procrastinava. Tomava chá gelado na sala, enquanto você enrolava […]

Desisti de achar o mundo chato, bobo e feio. De procurar na palavra dos outros, as minhas. Depois que todo mundo viu que eu escrevia, eu desisti. Ontem rabisquei minha história como se não fosse minha. Terminei com o arquiteto boa-praça só para poder escrever. É que me deu uma saudade de sofrer de amor, […]

Pra que chorar?

junho 21 2010 - In: Outros; sofis

1 comment

Enfiei a blusa na cara pra conter o choro. “Não! Eu não quero descer pra jantar!”. E também não queria que a minha mãe tivesse aparecido assim, tão boa e caridosa pra me perguntar por que eu estava daquele jeito. Isso, da mãe boa aparecer pra acudir a filha dramática, só deixa a gente com […]

O poeta da mesa ao lado disse que meus cabelos eram cachoeiras tropicais, me chamou de prosaica no seu blog e escreveu no jornal, pra todo mundo ver, que eu usava aparelho móvel nos dentes. Ele sabe que eu gosto de Mentos de uva e sempre ri quando eu digo isso ao comer um. O […]

Eu dei um gole na minha cerveja e acompanhei, com os olhos, a moça cruzando o salão com passos firmes e decididos, mas claramente sem pensar muito. Ao menos, se fosse ela, eu não pensaria. Antes de a música começar, ela encostou as mãos no braço dele já com um sorriso tímido no rosto. Dei […]

Copyright © 2011 SofisticadaBlog

Desenvolvido por: LéxicoDesign