Cabelo preso, edredom desarrumado… mala feita. Fui pra casa e deixei o Rio de Janeiro no reflexo dos óculos de sol. Voltei para os meus jornais em cima da mesa, meus livros empilhados, minhas revistas recortadas, minha parede cheia de colagens, cheia de cores, cheia de mim. Pensei na pouca carioca que resta aqui dentro. […]