Ele me mandou um jazz. Na verdade não mandou, postou um álbum no Twitter e a minha mente inquieta, que no momento procurava por algo para dar sentido aos barulhos dos mil teclados sendo socados na redação, ouviu aquilo como um presente. Quanto mais rápido o piano, mas rápidos eram os dedos, que tentavam em […]