Eu tenho que te contar uma coisa. Eu te transformei em sexo casual. Calma, eu sei que nunca te contei isso, mas eu precisei que fosse assim. Não saberia lidar se não fosse desse jeito, mas acontece que esse sexo casual que inventei está cada vez menos casual. O que significa que eu não consegui fugir. Agora a procura já é mais frequente e eu respiro fundo que é pra não me deixar levar por mais um esboço de romance. Ei, cara, ajuda! Percebe que eu estou me esforçando para tornar você em só mais um da minha lista pelo simples fato de não saber brincar de grande amor. Aquele dia que a gente saiu e eu fugi de qualquer coisa que pudesse nos levar para a cama para somente dormir juntos, abraçados, lembra? Fiz isso porque eu me conheço, cara, eu sei que eu ia me apaixonar nessa noite. Eu sei que eu ia gostar de brincar de ser só sua e eu tinha que fazer algo para reforçar que somos só isso, só sexo casual, só história mal contada. Por isso eu tive que ir para casa, eu tinha que fugir de você, dos teus abraços, porque por você eu não posso me enganar.

Talvez por isso eu também fuja dos sussurros no ouvido e engane a mim mesma que tudo isso está aumentando dentro da gente. É auto sabotagem, minha mais nova tática de vida, por mais que não dê mais para esconder. Já está na cara que a gente deseja, mesmo que baixinho e à surdina, uma casa, um canto, um quarto, porque os motéis já estão pesando na conta e hoje é um daqueles raros dias em que a gente só queria dormir junto sem ter hora para acordar. Mas, cara, entenda, eu não posso gostar de você. Eu não posso deixar que tudo isso pare de ser só sexo, pelo simples motivo de que eu não sei gostar de ninguém de maneira saudável. Sabe por que, cara? Porque eu sou como todas as outras. Eu vou espernear, eu vou esbravejar, eu vou sentir ciúmes e então você vai perceber que eu sou como elas.

O que eu faço com toda essa imagem que você criou de mim? Eu não posso deixar você conhecer meus defeitos, minhas crises, minhas alergias que deixam a boca inchada. Nem você e nem ninguém. Nem você e nem os outros caras que eu também transformo em casuais. Assim eu controlo bem quando você vai me ver, o que vamos fazer, assim eu sempre estarei linda e de bom humor, nunca com sono e espinhas na testa. Eu serei sempre diferente dessas outras. Assim eu não preciso me preocupar com elas, essas mulheres mais velhas que sabem muito mais da vida do que eu. Escondo bem minhas fraquezas, finjo ser mais do que elas, engano a mim mesma e ponho você na frente da melhor mulher do mundo. Como posso deixar todo esse plano desmoronar só porque quero dormir com você no meio da novela? Só porque quero te ver pela segunda vez na semana ao invés de sair com as minhas amigas? Não, eu vou ficar, eu vou ficar e deixar você ai se perguntando o que fez de errado, mesmo que não tenha feito nada.