Guardo das pessoas o que melhor elas me trazem. Algumas me deixaram amor, outras atenção, algumas me deixaram mágoas, outras me deixaram dor. Sou um pouco de tudo e mais um pouco, mas sou pessoas. Sou alguém, sou alguns, sou minha, somente minha. O que me deixam, eu consumo e não deixo migalhas. Eu me transformo em você, nela, naquele outro. Guardo pra mim aquilo que ninguém sabe. Um beijo roubado, um casaco emprestado, um zíper quebrado. Ainda dizem por aí que os Taurinos têm memória boa. Boa mesmo é a sensibilidade dos Cancerianos, que são capazes de guardar sensações ao invés de fatos.