Alegria de se fazer ver, viver…
de gostar no mesmo tom que se abraça.
Estou caindo de para-quedas em sonhos deliciosos de amigas,
Sentando no meio-fio pra comer cachorro-quente na madrugada,
Ouvindo o som bom que as bocas fazem quando respiram perto do ouvido